ATENÇÃO!

Todos os textos aqui presentes são da minha autoria à excepção daqueles cuja FONTE é devidamente indicada.
Não copie sem indicar a devida fonte "Essência da Magia" ou o devido Link.

All rights reserved, please do not copy my writings except those whose source is present.

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Simbologia das fases da Lua

A LUA NOS RITUAIS

 


Fotografia com Direitos de Autor, Lua decrescente na Tunísia em Nefta


Os rituais não se fazem apenas nos períodos de Lua cheia, existem rituais diferentes para todas as fases da lua.

As mais favoráveis são as luas que começam num solstício, num equinócio ou na entrada/começo de um signo.

É de evitar realizar rituais quando a lua se encontra vermelha.





A lua cheia simboliza o amor e a maternidade, daí ser tão falada.
Todas as luas cheias, por vezes possuem diferentes auréolas, a branca é simbólica da magia branca e traz paz, a dourada trás prosperidade e se vierem junto a equinócios trazem a justiça, a concórdia e a benção da paz.
Nos primeiros três dias de lua cheia são criados rituais para aumentar os poderes, extra-sensoriais, psíquicos, premonições (...).

Durante os rituais de Lua cheia é normal criar músicas e dançar a um ritmo animado, usar roupas e objectos claros, as mulheres usam roupas leves e confortáveis e andam de mãos dadas à volta de uma fogueira.
Mitológicamente é a lua de Deméter, mãe de Perséfone, a mulher reluzente de coração nos olhos que procura, ao mesmo tempo, ser ninho e mãe, lutando contra o Deus do submundo.


A lua nova, por outro lado, simboliza o «lado sombrio», é a descida do lado escuro da alma, as canções são lentas e são utilizadas pérolas negras junto de roupas que vão do negro ao verde escuro.
É o período em que se pede poder para «virar o feitiço contra o feitiçeiro» ou seja, devolver o mal a quem o fez.  
É quando se planta "a semente" em pedido de renascimento afectivo, que depois vai dar fruto durante a lua cheia.

É utilizado geralmente por pessoas traídas, abandonadas, viúvas ou que sofreram uma perda, e realizam-no com legumes ou frutos que «chorem», como por exemplo a cebola ou o alho.
Neste lua utiliza-se rituais de magia negra!



A lua crescente simboliza a "costura" e é, geralmente, neste período que realizam rituais para criar, construir, predestinar ou reúnir realidades diferentes, ou seja, sair da sua própria substância e criar um rumo diferente, pedindo à lua coragem para o fazer.
Por exemplo, rituais de prosperidade, dinheiro, empreendimentos, maior desejo sexual ou qualquer mudança positiva.

Esta é a lua da esperança, da adolescência revivida em qualquer idade, do surgimento do novo ou o retorno do velho...




Por fim, na lua minguante, realizam-se rituais, feitiços e magias para eliminar a má sorte, desfazer feitiços, realizar exorcismo e banir tudo de mal.
Nela realizam-se os rituais com punhais, athames ou foices para «cortar» aquilo que nos prende, que nos amarra, perturba ou ilude.
É o contrário da lua nova, pois enquanto nessa fase nós pensamos nos outros, na fase de lua minguante nós queremos estar sozinhos e compreender, por nós mesmos, a solidão e a finitude.
É quando pedimos sabedoria para entender a razão e a causa de tudo ganhando assim o Dom da magia.
No final do ritual, os membros separam-se uns dos outros e caminham sozinhos para cada lado cantando ou orando cada vez mais baixinho.



Em todas as luas são simbólicos dois animais, a serpente e o gato.
O gato porque desde sempre dorme em forma de círculo, mia (canta) para a lua e é, em si mesmo, um animal lunar, pois é intuitivo, sensitivo, vêem os perigos que não são visíveis aos nossos olhos e renascem rápidamente de qualquer guerra ou desastre.
A serpente simboliza a mudança (visto que muda de pele), a ciência profética, fecundidade e imortalidade.


A Lua é o reflexo da luz do sol, ou seja, do que acontece diáriamente, sendo por isso capaz de nos trazer premonições (visto que o passado, presente e futuro fazem parte da mesma dimensão), por isso também traz uma forte simbologia na cartomancia, ou seja, no tarô.
Tendo sempre a carta da Lua que traz geralmente avisos, intuições, alcoolismo, excesso de imaginação, alteração de humor ou instabilidade emocional, ilusão, entre outros...


REGRAS

  • Qualquer magia dever-se-á iniciar na lua crescente
  •  ...E terminar na lua decrescente (ou minguante).
  •  Na lua minguante são realizados rituais APENAS para expulsar a negatividade que lhe tiverem imposto
  •  Não realizar rituais durante a lua Nova


FONTE: Internet
PESQUISA, RESUMO e TRADUÇÃO por: Aril Aislin (portadora do Blogue)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores