ATENÇÃO!

Todos os textos aqui presentes são da minha autoria à excepção daqueles cuja FONTE é devidamente indicada.
Não copie sem indicar a devida fonte "Essência da Magia" ou o devido Link.

All rights reserved, please do not copy my writings except those whose source is present.

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

MAPA ASTRAL


Pergunta comum: "Porque é que o meu mapa astral é assim? Porque é que tenho este conjunto de signos?"

Resposta: "A nossa personalidade não se escolhe, apenas podemos adaptá-la a determinadas situações e lidar com ela de determinadas formas, mas ela existe e nunca se poderá excluir. O porquê de sermos assim é pela mesma razão da nossa aparência física, por motivos Karmáticos que, ao longo das nossas vidas passadas nos tem fornecido várias qualidades e defeitos incluídos no nosso DNA. A mesma resposta se adequa ao facto de nascermos pobres ou ricos, bonitos ou feios, com sorte ou com a falta dela.

INTERPRETAÇÃO
DO
MAPA ASTRAL


Aqui encontra:

* Equilibrio do Mapa Astral;

* Os dois Pólos do Mapa Astral;

* O Sol, a Lua, O ascendente e os Planetas;

* As Casas;


FAZER MAPA ASTRAL GRÁTIS: http://somostodosum.ig.com.br/mapa/

(não se preocupe em expôr o seu e-mail no site, apenas é necessário para o registo no mesmo, não ficará prejudicado de forma alguma)


Todos os dias vejo pessoas a afirmarem-se como um só signo, como uma só personalidade com defeitos e qualidades.
Mas esquecem-se sempre, que os defeitos existem para dar lugar a qualidades e estas vice versa, e que todo o nosso Ser é composto por vários signos em diversos lugares, e não apenas um.

Com o mapa astral, podemos saber o exterior e o interior da pessoa, a sua personalidade e com quem é compatível.
Para alguns astrólogos é-lhes possível visualizar o futuro, mas isso não aconselho.

LEMBRE-SE, os astrólogos nem sempre estão certos, pois a sua personalidade veio a mudar conforme as suas vivências, sejam elas na vida anterior a esta como na sua infância e educação paternal.

Por exemplo, é natural uma menina que tenha nascido sem pai procure o amor da maneira mais errada tornando-se cada vez mais carente, quase como um vício, mesmo que o signo não diga isso.
Todos nós somos únicos, é possível encontrarmos, no máximo, apenas mais DOIS mapas atrais exactamente iguais ao nosso em todo o mundo! Mas isso só vos tornaría iguais em 90% da vossa personalidade.

Para o calcular é necessário saber...

- DATA e ANO de nascimento
- HORA e LOCAL de nascimento

Depois, é-lhe dado algo deste género.

MAPA ASTRAL DUARTE DIAS

A primeira reacção que salta à primeira vista, é a forma como os símbolos estão espalhados por todo o círculo.

O CÍRCULO simboliza o planeta Terra, e as constelações dos signos à sua volta.

ASCENDENTE vê-se na linha RECTA do lado ESQUERDO (Neste mapa, o ascendente é Escorpião)

SIGNOS começam em Carneiro que se encontra, neste mapa, no canto inferior direito, a vermelho, e continua pelo lado direito, (onde nasce o sol) rodando da mesma maneira que o nosso planeta.

SÍMBOLOS foram automaticamente distribuídos conforme o local, hora, data e ano quando respirou pela primeira vez, e significam os planetas, o sol e a lua, mostrando como eles estavam alinhados nessa altura.


EQUILÍBRIO quanto mais espalhados estão os símbolos mais equilibrada é a pessoa no seu todo. Quando os símbolos estão em CIMA, significa que a pessoa é extrovertida, aberta, gosta de dizer piadas e de se expôr. Quando os símbolos se encontram em BAIXO, significa que a pessoa é introvertida, tímida, desconfiada, reservada, e que permanece no seu mundo. No mapa asterior podemos visualizar que o índividuo possui estas duas qualidades.

Hemisferio

Com muitos símbolos no lado ESQUERDO indica-nos que a pessoa age por impulso pessoal. Com muita iniciativa, capaz de se impôr e que depende pouco da opinião alheia. Se apenas tiver símbolos nesse lado, pode tornar-se uma pessoa egoísta. No lado DIREITO, é quase o oposto, a pessoa passa a depender demasiado dos outros, procurando sempre por uma resposta, uma motivação ou referência exterior. Se apenas tiver símbolos nesse lado pode tornar-se totalmente dependente.  



Imagem de Magda Moita

Os símbolos que se seguem em redor do círculo são os Signos (revelados pelas constelações na altura do nascimento). A cor vermelha é para o elemento FOGO, a castanha para a TERRA, a azul para o AR e o verde para a ÁGUA.




O SOL, símboliza o Signo Solar (consoante o dia e mês de nascimento), e vai designar a sua personalidade em geral, como é, o seu caracter, como age, como pensa, como se sente, etc.

O ASCENDENTE, não possuí símbolo, mas é tão importânte quanto o SOL, pois vai-se misturar com ele como amarelo e azul = verde. Ele corresponde à maneira da pessoa se afirmar ao mundo e a sí mesmo, a sua aparência, como age e se comporta, como se projecta na vida, como quer ser vista pelos outros e como orienta a sua vida.

A LUA, simboliza as nossas emoções, a maneira como lidamos com elas e como agimos em função delas. Os nossos sentimentos, as nossas relacções pessoais, e também o signo que mais nos atrai físicamente.



Depois de localizar estes três símbolos, visualizamos em que Signo se encontram, e juntamos os três signos e cada personalidade que eles nos revelam para adequar a quem nós somos ou como vamos ser (caso ainda não tenha os 18 anos).

Esse método vai responder a muitas perguntas sobre nós mesmos, o porquê da nossa maneira de pensar, agir e afins...

Vai revelar o carácter da pessoa, a sua personalidade, o seu temperamento, o seu desenvolvimento, as suas características, e (apenas no ascendente) o seu físico.
E responde o porquê de não nos darmos tão bem com aquela pessoa, mesmo tendo ambos os signos solares favoráveis, pois também depende dos outros dois.

Depois de saber isto, se soubermos a infância da pessoa, a sua educação, os seus traumas e o estatuto social e económico conseguimos captar a verdadeira essência da pessoa, e chegar a saber mais sobre ela que ela própria.


OS PLANETAS indicam o que o Ser é, indica-nos com que tipo de pessoa estaremos mais aptos para o seguinte tema, e em que mês (por exemplo Mercúrio - Virgem em Agosto e Setembro). Revelando também mais um pouco da nossa personalidade.
No mapa astral do Duarte, encontramos Mercúrio no signo Virgem, que significa que ele tem uma maneira de pensar como os nativos de signo virgem e por isso consegue comunicar melhor com esse signo e estará mais apto para isso no final do mês de Agosto e início de Setembro.

Características individuais

Mercúrio - A comunicação, a discussão de diferentes ideias, o pensamento, a lógica, o ser racional...
Vénus - A sexualidade, os sentimentos, a prática física sexual, o tipo de fantasia, como age no plano amoroso, os seus desejos e com quem...
Marte - A acção, o comportamento, o agir conforme as suas ambições, o materialismo, tipo de temperamento...

Características sociais

Júpiter - A nossa consciência além do mundo físico, a visão do mundo, como amplia os seus horizontes
Saturno - (símbolo de Júpiter invertido) A realidade sobre o Homem, a natureza material, o meio por onde procura o reconhecimento, o status e a responsabilidade.

A Geração

Urano - A receptividade (o símbolo Vénus invertido) a necessidade de liberdade e individualidade 
Neptuno - A espiritualidade, a força de nos libertarmos da vida material e física, das restrições e das limitações da realidade. As manifestações culturais que o trânsito provoca na geração.
Plutão - O superconsciente e como o indivíduo reage às mudanças  



AS CASAS


As casas são os números que se encontram no círculo dentro do grande círculo do mapa.
Tem início no 1, que se encontra no lado direito na zona do ascendente, e termina o 12, girando no sentido Anti-horário.  


Em cada casa podemos ter 1 ou 2 signos que vai designar outros traços do nosso comportamento e da nossa vida.

Casa I - Mostra não só o ascendente, como também a primeira abordagem às diversas situações que a vida lhe expõe. descreve a pessoa no momento do encontro com o mundo externo e da atitude para novas experiências.

Casa II - São os aspectos materiais e financeiros. O signo encontrado nessa casa indica a sua personalidade para lidar com o dinheiro, os valores e os recursos. Descreve também experiências que fornecem qualidades concretas que necessitam de ser desenvolvidas para manter a sua vida.

Casa III - O pensamento, a aprendizagem, comunicação e os irmãos. O signo presente nesta casa define a maneira de abordar experiências que fornecem conhecimento através das oportunidades educacionais disponíveis no meio ambiente e através dos meios de comunicação.

Casa IV - O lar, o passado, a influência familiar, o cuidado recebido. O signo presente nesta casa revela a personalidade e o comportamento da pessoa em relacção à família, ao carinho e à sua segurança.

Casa V - Filhos, criatividade, recreação, namoros. O signo presente nesta casa revela-nos como a pessoa se comporta em relacção às suas acções como obras criativas e acima de tudo, a influência que traz aos seus descendentes.

Casa VI - Trabalho e Saúde. O signo presente nesta casa indica como a pessoa se comporta no seu local de trabalho, como aborda experiências que requerem o conhecimento útil e a rotina.

Casa VII - O compromisso. O signo presente nesta casa indica o tipo de pessoas com quem o indivíduo se compromete e mais partilha a sua vida.

Casa VIII - Cura. O signo presente nesta casa revela-nos como o indivíduo se comporta em relacção às mudanças repentinas na sua vida que tiveram por base a influência de outras pessoas.

Casa IX - Educação superior, filosofia, religião. O signo presente nesta casa vai revelar a personalidade da pessoa em relacção à sua busca pelo conhecimento superior, o seu gosto pelas viagens e pela aprendizagem.

Casa X - Carreira e posição social no mundo. O signo desta casa descreve como a pessoa é vista segundo a sua carreira e os seus envolvimentos profissionais.

Casa XI - Amigos, grupos, transformação social. O signo desta casa define experiências que envolvem o progresso da humanidade, a perspectiva do individuo para o futuro e as suas escolhas.

Casa XII - Comportamento secreto, espiritualidade, inconsciente. Descreve as obrigações Carmáticas e a dedicação a uma tarefa social, bem como a sua percepção disso.


Posted By: Aril Aislin

SIGNOS NAS CASAS


CASA I





Carneiro. Impulsividade, combatividade, independência.
Touro. Realismo, apetites vitais poderosos.
Gémeos. Vivacidade, adaptabilidade.
Caranguejo. Dedicação familiar, natureza sonhadora.
Leão. Ambição, generosidade.
Virgem. Temperamento meticuloso e ordenado.
Balança. Tolerância, diplomacia.
Escorpião. Carácter inflexível e rebelde.
Sagitário. Amor pelos espaços abertos, fascínio pelo longínquo.
Capricórnio. Autodisciplina, obstinação, cálculo a longo prazo.
Aquário. Espírito inovador, originalidade, universalismo.
Peixes. Intuição, susceptibilidade de ser influenciável.


CASA II


Carneiro. Audácia nos domínios da finança e da empresa.
Touro. Procura de estabilidade nas empresas e nos negócios.
Gémeos. Oportunismo financeiro, desembaraço.
Caranguejo. Dedicação familiar associada a questões de interesse.
Leão. Desprezo dos compromissos financeiros susceptíveis de denegrir a imagem de si próprio.
Virgem. Ganho trabalhoso mas entrada de dinheiro regular.
Balança. Situação financeira bem sucedida em função das associações mais ou menos felizes.
Escorpião. Tendência para o ardil e para as manobras mais ou menos suspeitas no domínio financeiro.
Sagitário. Viagens abundantes, estudos lucrativos.
Capricórnio. Possibilidade de riqueza tardia depois de uma preparação prolongada e rentável.
Aquário. Pouca vocação para as questões financeiras, económicas e especulativas.
Peixes. Tendência para depender mais dos outros do que de si próprio.


CASA III

Carneiro. Grande actividade no domínio das deslocações e da comunicação.
Touro. O domínio das relações tem tendência para se tornar rotina.
Gémeos. Adaptabilidade, oportunismo intelectual, sentido da improvisação.
Caranguejo. Sentido da família alargada aos amigos e parentes afastados. Sentido do grupo e da tribo.
Leão. Gosto pelo fausto e pelo luxo, necessidade de se mostrar, procura de um círculo de pessoas brilhante.
Virgem. Espírito prático, grande habilidade profissional, sentido do pormenor.
Balança. Sentido da justiça e da equidade. Círculo de amigos conciliador.
Escorpião. Espírito curioso e olhar inquisidor sobre as coisas e os acontecimentos.
Sagitário. Estimulação da necessidade de evasão através dos estudos ou das viagens.
Capricórnio. Tendência para explorar aqueles que o rodeiam com vista a ambições e ascensão social.
Aquário. Necessidade imperativa de aderir a um grupo de forma a poder realizar o seu ideal.
Peixes. Forte tendência a fundir-se passivamente na colectividade e a viver à margem da mesma.


CASA IV

Carneiro. Relações passionais e intensas nos domínios do lar e da família.
Touro. Representa um factor de estabilidade e de solidez material.
Gémeos. Risco de desequilíbrio do lar devido a devaneios e fantasia.
Caranguejo. Valoriza o círculo familiar, dá importância às raízes e aos hábitos.
Leão. Sensibiliza o sujeito a uma necessidade de vida familiar luxuosa e faustosa.
Virgem. As obrigações domésticas são sentidas como uma servidão penosa mas indispensável.
Balança. Insere um elemento de equilíbrio no plano conjugal ou a nível associativo.
Escorpião. A sexualidade desempenha um papel determinante para a manutenção ou a ruptura da harmonia familiar.
Sagitário. A paixão pela aventura e pelas viagens não é favorável à estabilidade do lar.
Capricórnio. Vida familiar muito exigente, mas os seus alicerces permanecem sólidos.
Aquário. Idealismo e universalização pouco compatíveis com o espírito de família ou de clã.
Peixes. Vida familiar desordenada, boémia e instável.
CASA V

Carneiro. Carácter empreendedor, intrépido e expansivo.
Touro. Grande sensualidade e amor pelos prazeres materiais.
Gémeos. O sujeito adora os jogos do espírito e os refinamentos intelectuais.
Caranguejo. Grande fecundidade moral ou física. Indício de família numerosa.
Leão. O nativo é levado a ter uma sexualidade conquistadora e apaixonada. Amor idealista e cavalheiresco.
Virgem. O sujeito sente uma certa reserva que tende a inibir o pleno desenvolvimento do prazer.
Balança. Procura da alma gémea e do casamento perfeito.
Escorpião. Os imperativos sexuais são dominantes. Tendência muito grande para erotizar as relações.
Sagitário. As viagens e o exílio podem representar uma fonte de alegria.
Capricórnio. Fraca erotização dos prazeres, mas procura dos prazeres autênticos.
Aquário. Forte exaltação dos sentimentos platónicos. O altruísmo é um meio de prazer intenso.
Peixes. O ser encontra o seu prazer nas influências recíprocas. Criatividade, imaginação.


CASA VI

Carneiro. Cumpre as tarefas quotidianas com dinamismo e muito entusiasmo.
Touro. O nativo enraíza-se no hábito do trabalho rotineiro. Boa aptidão ao esforço laborioso.
Gémeos. Horror pela rotina no trabalho quotidiano, curiosidade em todos os domínios e diletantismo natural.
Caranguejo. O nativo privilegia as actividades que visam favorecer o trabalho doméstico de forma a melhorar o conforto familiar.
Leão. Necessidade de exercer uma autoridade no trabalho quotidiano. Recusa evidente da disciplina.
Virgem. Boa aptidão para o esforço quotidiano. O nativo é trabalhador e produtivo.
Balança. O sujeito só assumirá as tarefas ingratas se estas forem feitas num enquadramento de grupo, associação ou num ambiente harmonioso.
Escorpião. O nativo tem tendência para recusar todas as restrições. Arrisca-se a ser instigador de desordem e de anarquia.
Sagitário. Boa propensão para o esforço, mas só com vista a uma grande aventura ou uma empresa do espírito.
Capricórnio. Combinações muito boas de autodisciplina, concentração de esforços intensos e uma perseverança muito grande.
Aquário. O ideal colectivo é uma fonte importante de motivação para poder permitir o trabalho quotidiano.
Peixes. O sujeito deve ser orientado e dirigido para se submeter às obrigações do trabalho.

CASA VII

Carneiro. Entusiasmo e impulsividade no domínio das associações e do casamento.
Touro. Uniões estáveis e sólidas.
Gémeos. Tendência demasiado forte para o oportunismo e para a fantasia. Desequilíbrio na vida conjugal.
Caranguejo. O casamento acarreta um profundo enraizamento nos valores familiares e tradicionais.
Leão. Necessidade evidente de uniões brilhantes e espectaculares.
Virgem. A vida conjugal deve estar ao abrigo dos olhares indiscretos para poder permitir ao nativo um desabrochar pleno.
Balança. As associações e o casamento ocupam um lugar importante na vida do nativo.
Escorpião. Tendência para o individualismo muitas vezes incompatível com uma vida conjugal harmoniosa.
Sagitário. O nativo corre o risco de se dispersar em busca de um parceiro imaginário. Possibilidade de casamento no estrangeiro.
Capricórnio. A união conjugal deve antes de mais servir a ambição. Esta posição implica muitas vezes uma diferença de idade na união.
Aquário. Procura do cônjuge ideal, o que leva facilmente à utopia e às ilusões.
Peixes. Vida conjugal instável e caótica. Dedicação ao cônjuge.


CASA VIII

Carneiro. As crises são violetas mas geralmente bastante breves.
Touro. Dá uma visão serena da morte.
Gémeos. Instabilidade perigosa.
Caranguejo. Põe em causa o enquadramento familiar. Tendência para as ilusões.
Leão. O nativo sente desprezo pelo perigo e pela morte.
Virgem. Os cuidados são exagerados para se preservar da morte, bem como de qualquer renúncia.
Balança. Grande possibilidade de crises graves no domínio conjugal ou associativo.
Escorpião. Estados mórbidos. Fascínio pela morte e pelo além.
Sagitário. Grande risco de acidente durante uma viagem prolongada. Medo da morte.
Capricórnio. Possibilidade de crise que afecta a carreira e as ambições do nativo. Avidez material.
Aquário. Riscos ligados à vida moderna com uma certa indiferença face à morte.
Peixes. Medo evidente da morte. Este medo é amplificado pela imaginação

CASA IX

Carneiro. A atracção pelos grandes projectos intelectuais e pelas grandes viagens provoca paixões bruscas.
Touro. Espírito de aventura pouco compatível com a necessidade de enraizamento do signo, mas favorável ao desenvolvimento da imaginação.
Gémeos. Carácter muito adaptável. Grande curiosidade de espírito e amor pela mudança.
Caranguejo. O nativo tem um temperamento intrinsecamente sonhador e uma tendência para os caprichos.
Leão. Esta posição indica muitas vezes sonhos de glória e grandes empresas cavalheirescas e generosas.
Virgem. O nativo tem o sentido das viagens organizadas e o génio dos negócios turísticos.
Balança. Tolerância muito grande e aptidão para conciliar as filosofias mais antinómicas.
Escorpião. Grande aptidão para explorar os grandes mistérios da vida e do mundo.
Sagitário. O nativo está orientado para um alargamento contínuo da consciência. Boa cultura geral.
Capricórnio. Grande capacidade para ir ao fundo do conhecimento. Ambições longínquas e gigantescas.
Aquário. As tendências humanista e idealista levam o nativo a um certo messianismo. A preocupação individual é orientada para o aspecto social.
Peixes. O nativo tem tendência para de fundir em grandes arrebatamentos místicos que muitas vezes implicam uma grande confusão de espírito.


CASA X

Carneiro. As ambições pessoais podem fazer sentir impaciência e dar uma boa dose de paixões.
Touro. Grande necessidade de uma carreira estável e do caminho bem indicado.
Gémeos. A ascensão é feita sobretudo em ziguezague, cheia de piruetas e reviravoltas.
Caranguejo. Para concretizar o seu êxito social, o nativo sente a necessidade de se apoiar em poderosas raízes familiares e tradicionais.
Leão. A ambição é desmesurada, com sonhos de glória e de grandeza.
Virgem. Carreira minuciosamente construída pelo nativo e laboriosamente arquitectada.
Balança. Carreira do nativo muitas vezes dependente das associações.
Escorpião. Necessidade visceral de independência. O sujeito só atinge os seus objectivos marginalizando-se.
Sagitário. O êxito é feito sobretudo no estrangeiro e nas relações com países longínquos. Possibilidade de prestígio cultural.
Capricórnio. Ambições muito fortes. Vontade irredutível. Boa dose de arrivismo.
Aquário. O sucesso social é feito através da inovação no modernismo. Certa tendência para a utopia.
Peixes. Muita instabilidade e dificuldades em fazer um esforço contínuo.

CASA XI

Carneiro. Esta posição concede muita dedicação aos amigos.
Touro. Muita estabilidade e grande fidelidade na amizade.
Gémeos. As amizades do nativo são muito variáveis, o que conduz a muitas reviravoltas.
Caranguejo. O lar do nativo terá tendência para se alargar ao círculo de amigos.
Leão. Esta posição predispõe à procura das amizades brilhantes e espectaculares.
Virgem. O círculo de amigos do nativo é muito restrito. Grande pudor dos sentimentos.
Balança. Associações amigáveis. Amizades por vezes amorosas.
Escorpião. A amizade do nativo é poderosa e depois muito exigente. Importante atracção sexual mais ou menos confessada.
Sagitário. O nativo gosta de ter os seus amigos consigo para fazer as suas viagens e viver as suas aventuras.
Capricórnio. Uma certa misantropia prejudica o desenvolvimento da amizade.
Aquário. Sentimentos de amizade erigidos em culto.
Peixes. O sujeito procura as amizades secretas e apoia-se sobretudo nos amigos em caso de provações


CASA XII

Carneiro. O nativo arrisca-se a receber bruscos golpes do destino e violentas borrascas independentes da sua conduta.
Touro. As preocupações do nativo tornam-se ideias fixas e podem muitas vezes ensombrar o céu clemente da existência.
Gémeos. Mal-entendidos e contratempos seguidos por vezes de pequenos fracassos que podem contribuir para uma certa instabilidade crónica.
Caranguejo. Graves perturbações a temer no que diz respeito à família e ao lar.
Leão. Esta posição predispõe o nativo a um gosto pelo fausto e pelo espectacular, o que acarreta por vezes uma situação labiríntica.
Virgem. O nativo sofre por vezes crises morais e físicas devidas ao carácter complexo do signo.
Balança. Pode provocar rupturas de contratos, pondo em causa a harmonia.
Escorpião. Por vezes o sujeito destrói-se a si próprio à força de amargura e ódio mal canalizados.
Sagitário. O nativo será por vezes objecto de ataques violentos contra a sua ideologia. Possibilidade de viagens prolongadas repletas de armadilhas.
Capricórnio. A ambição e a perseverança são frequentemente contrariadas.
Aquário. Os riscos de provações do nativo fazem-se sentir sobretudo no seu ideal.
Peixes. O nativo experimenta uma certa passividade, o que acarreta o risco de lhe causar provações. Esta posição pode dar o sentido do sacrifício.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores